Descubra como evitar Explosão de Pneu e consequências no grave caso de Santa Catarina

Leia o artigo da equipe Redentor e saiba como evitar a explosão de pneus com a utilização de grades de segurança da Jedal Redentor.

Há duas semanas, o Fantástico mostrou uma reportagem sobre explosão de pneus, mostrando um caso do acidente que arremessou um homem a 3 metros. Essa reportagem impressiona, pois mostra as imagens do acidente, desse e de outros casos: https://globoplay.globo.com/v/8230898/

A Jedal-Redentor já fez matérias alertando sobre esse tipo de explosão de pneus, que em muitas vezes chega a ser fatal, demonstrando os principais riscos que podem originar explosão de pneus, durante manipulação ou reparo de pneus, e como eliminar e/ou diminuir esses riscos.

Infelizmente, esse assunto não tem a repercussão necessária e recebe muito menos atenção do que deveria, principalmente para aqueles que trabalham em borracharias, oficinas mecânicas e centros automotivos, pois a frequência e consequência são muito mais alarmantes do que imagina

Conforme constatado pela reportagem, pelo menos 9 pessoas morrem por ano vítimas de explosões de pneus e outras tantas, que talvez nem se tenha notícias, são acidentadas gravemente. Em praticamente todos os casos, a explosão ocorreu no momento da calibragem e os borracheiros foram arremessados ou tiveram detritos do pneu arremessados em sua direção, momento em que sofreram graves ferimentos na cabeça que resultaram em suas mortes ou algum tipo de lesão grave.

Em geral, as explosões de pneus decorrem de 5 principais riscos no momento de inflar ou calibrar os pneus:

1 – inflar rapidamente um pneu vazio;

2 – inflar pneu com um ar muito quente;

3 – inflar pneus que estejam quentes;

4 – inflar pneus com estrutura da roda danificada;

5 – ou fazer o serviço com procedimento de trabalho inseguro (ferramentas inadequadas, soldagem, não obedecer à especificação técnica do pneu e roda).

Como explicitado, o caso de Santa Catarina ocorreu pela estrutura da roda que estava danificada e assim, pois o encaixe da roda estava trincado e isso ocasionou o rompimento das peças metálicas do aro que segura o pneu.

Independentemente de qual desses motivos que levaram a explosão desses pneus, o mais importante é que as mortes ou lesões dos borracheiros poderiam ter sido evitadas com a utilização de apenas um produto durante a calibragem: Grade de Segurança Jedal-Redentor, que é projetada e fabricada exatamente para esse fim, pois uma eventual explosão ficaria contida dentro da grade, e os detritos do pneu não seriam arremessados e, portanto não atingiriam os borracheiros.

Basta que o borracheiro utilize a grade durante o processo de calibração da seguinte forma: antes de inflar os pneus, rolar o pneu até o interior da grande, centralizando-o na posição vertical e, então, girar o pneu para que a válvula esteja entre as barras de proteção. Devem ser removidos quaisquer detritos da área de inflação, principalmente os soltos, bem como deve-se limpar o pneu e a roda. Apenas após esses procedimentos é que deve ser iniciada a calibragem.

Atenção: A grade de segurança deve ser substituída em caso de rachaduras na solda, componentes rachados, trincados ou torcidos, pontos de corrosão ou danos causados que possam diminuir a eficiência do equipamento.

Open chat
Solicite seu orçamento!
Olá tudo bem?

Você pode solicitar seu orçamento e cotação por aqui!